Agroecologia nas eleições

Seja bem-vinda/o à campanha ‘Agroecologia nas Eleições’!

Uma iniciativa da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA) envolvendo uma grande rede de entidades, organizações e movimentos populares brasileiros.

“O objetivo da campanha ‘Agroecologia nas Eleições’ é promover o debate público durante o processo eleitoral e subsidiar a ação dos poderes executivo e legislativo dos municípios, além de evidenciar a importância da participação da sociedade civil na elaboração e execução de políticas públicas efetivas”, explica Denis Monteiro, agrônomo e secretário executivo da ANA.

Essa ação é fruto de uma pesquisa inédita chamada “Municípios Agroecológicos e Políticas de Futuro” que mapeou mais de 700 políticas e programas municipais que apoiam a agroecologia e a agricultura familiar, promovem a segurança alimentar e nutricional no campo e na cidade.

CONHEÇA A PESQUISA “MUNICÍPIOS AGROECOLÓGICOS E POLÍTICAS DO FUTURO”. CLIQUE AQUI.

Agora, queremos que as/os candidatas/os abracem essa luta

Entre os resultados da campanha está um documento com 36 propostas, organizadas em 13 campos temáticos, para a criação de políticas públicas de apoio à agricultura familiar e à agroecologia, a  ser entregue a candidaturas de cidades pelo Brasil.

No formato de carta-compromisso, o documento é denominado ‘Agroecologia nas Eleições: Propostas de Políticas de Apoio à Agricultura Familiar e à Agroecologia e de Promoção da Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional em Nosso Município’.

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR A CARTA COMPROMISSO E ACESSAR A ÍNTEGRA DO DOCUMENTO

O documento-base foi preparado para ser adaptado à realidade de cada município, de modo a comprometer as candidaturas.

“A produção sustentável de alimentos acontece nos municípios, onde estão também os consumidores. Em muitos casos, a própria prefeitura é um dos compradores desses alimentos, a exemplo das compras feitas para o Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE”, explica Flavia Londres, engenheira agrônoma e membro da Secretaria Executiva da ANA.

“Por  isso, este é o momento certo para conquistarmos o compromisso de candidatos e candidatas com a ampliação das políticas públicas municipais de fomento à agroecologia e à agricultura familiar”, completa.

As iniciativas identificadas evidenciam uma grande diversidade de possibilidades para a intervenção pública a partir do poder executivo municipal. Mostram também que muito pode ser feito pelas câmaras de vereadoras/es. Boas ideias já colocadas em prática em todo o país não faltam.

O conteúdo pode ser baixado em formato editável para compromisso personalizado das candidaturas no seu município, abordando propostas nos seguintes eixos temáticos:

  • Comercialização, circuitos curtos e compras institucionais
  • Inclusão produtiva com segurança sanitária
  • Infraestruturas nas áreas rurais
  • Reforma agrária e direitos territoriais de povos indígenas e comunidades tradicionais
  • Sementes, biodiversidade, águas e meio ambiente
  • Cultura e comunicação
  • Resíduos sólidos e compostagem
  • Agricultura urbana
  • Práticas integrativas e complementares no SUS
  • Assistência técnica e extensão rural
  • Apoio à produção e organização e enfrentamento à violência contra as mulheres
  • Educação e juventudes
  • Controle e restrição de atividades que geram impactos negativos

Confira as notícias e a repercussão na mídia:

PORTAL UOL: Mapeamento de ações de agroecologia quer chegar à agenda de novos prefeitos

MÍDIA NINJA: O voto agroecológico durante as eleições municipais

REDE BRASIL ATUAL: Tema da ‘segurança alimentar’ expõe diferenças entre os programas dos candidatos

SÉCULO DIÁRIO: Movimentos apresentam propostas sobre agroecologia para eleições

ASA BRASIL: Te interessa saber se o/a canditado/a tem compromisso com a agroecologia e redução do uso de agrotóxicos?

Fortaleça esta campanha

Confira abaixo os materiais de divulgação que foram produzidos pela Articulação Nacional de Agroecologia para serem usados na propagação da campanha “Agroecologia nas eleições”.

1 – RELEASE DIVULGAÇÃO IMPRENSA

Release de divulgação para a imprensa está disponível AQUI.

2 – DOCUMENTO-BASE

Documento em word e pdf, postados diretamente na página do site AQUI

Documento-base em word AQUI

Documento-base em PDF AQUI

3 – PEÇAS

Abaixo, a relação dos arquivos com as informações sobre as aplicações:

Selo Agroecologia nas Eleições

Pode ser aplicado como “logomarca”, como selo em matérias e documentos diversos. Clique na imagem para baixar o arquivo.

Capa Página Facebook

Imagem para ser usada como capa de página de Facebook. Clique para baixar o arquivo.

Card para Facebook e Instagram

Para ser usado nas postagens nas redes socais. Clique na imagem para baixar o arquivo.

Stories das redes sociais

Para ser usado como stories no Instagram, Facebook, Twitter e Youtube. Clique na imagem para baixar o aquivo.

Card para Twitter

Card personalizado para ser usado nas postagens no Twitter. Para baixar o arquivo, clique na imagem.

Capa para Twitter

Imagem para ser usada na capa do perfil do Twitter. Para baixar o arquivo, clique na imagem.

Moldura para live no Youtube e Facebook

Imagem com transparência e moldura para ser inserida nas transmissões ao vivo do Youtube e Facebook. Para baixar o arquivo, só clicar no arquivo.

Todas as peças da campanha “Agroecologia nas eleições” também estão disponíveis AQUI.

AGRICULTURA FAMILIAR É SAÚDE NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

A campanha “Agroecologia nas Eleições” também preparou, em parceria com o Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (FBSSAN), um material complementar de apresentação do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e uma carta-compromisso para que os/as  candidatos/as conheçam a importância desta política pública para a garantia da segurança alimentar e nutricional dos estudantes da rede pública e também para a geração de renda para as famílias agricultoras.

Para baixar o documento sobre o Pnae e sua carta compromisso específica, clique aqui.

Use a hashtag #AgroecologiaNasEleições

e venha com a gente 🙂