Mobilização em redes sociais busca pressionar deputados/as federais para inclusão de propostas populares no relatório do Projeto de Lei Emergencial da Agricultura (PL 735). Peças gráficas foram criadas explicando as reivindicações de redes e movimentos populares do campo e deputados progressistas.

Organizadas em oito itens, as propostas elaboradas foram formatadas em peças gráficas para redes sociais. A ideia é disponibilizar os cards para quem desejar se somar à iniciativa, postando as peças nas suas páginas pessoais, marcando deputados e deputadas federais para que as proposições sejam incluídas no texto final do relatório do PL 735, que deve ser votado na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (07).

“Estamos numa semana muito importante para a agricultura familiar e segurança alimentar em nosso país. Será votado o PL 735. Esperamos que deputados e deputadas acolham as proposições dos movimentos populares que representam a agricultura familiar e de parlamentares progressistas. Nosso esforço foi de divulgá-las ao máximo para a sociedade. As medidas propostas são urgentes, alertamos à sociedade que se não houver apoio efetivo das políticas públicas pode haver, no futuro próximo, forte aumento de preço de alguns alimentos. As políticas públicas propostas também podem contribuir de imediato para enfrentar a situação de fome e má alimentação que atingiu milhões de pessoas mais empobrecidas nas periferias das grandes cidades e também no campo”, explica Denis Monteiro, secretário executivo da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA).

De autoria do deputado Enio Verri (PT – PR) e outros 46 parlamentares de esquerda, p PL 735 visa apoiar a agricultura familiar e camponesa durante o período de calamidade pública ocasionado pela pandemia do coronavírus. Ao PL 735, foram apensados outros 21 projetos, entre eles o PL 886/2020, de autoria de Padre João (PT/MG) e outros 12 deputados/as, um dos mais abrangentes.

O relatório do PL 735 é de autoria do deputado Zé Silva (Solidariedade – MG). O texto, entretanto, deixou de fora importantes proposições dos movimentos populares e deputados/as de esquerda, que seguem fazendo pressão para a inclusão de suas recomendações, organizadas em oito tópicos: Acesso, Mulheres, Fomento Emergencial, Cisternas, Garantia Safra, Crédito Emergencial, PAA Emergencial e Dívidas.

Dexe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.