Crédito da foto: Arquivo Cooperar

Por Lívia Bacelete / Comunicadora popular da Articulação Nacional de Agroecologia – ANA

A iniciativa Agroecologia nos Municípios segue firme trilhando os caminhos Brasil afora para o fortalecimento da agricultura familiar e da segurança alimentar e nutricional.

Em Maricá, no estado do Rio de Janeiro, município que é referência em políticas públicas de apoio à agroecologia, a proposta é potencializar os projetos e programas já existentes na cidade, como as hortas comunitárias, as praças e as unidades de produção agroecológicas, as atividades públicas de formação sobre práticas e manejo agroecológico, entre outras.

E para seguir no planejamento das ações, no dia 12 de julho, integrantes da iniciativa e de movimentos sociais da região se reuniram com Celso Pansera, diretor-presidente do novo Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação do município de Maricá (ICTIM). Além do diretor-presidente do ICTIM, participaram do encontro a coordenadora estadual do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e representante da Cooperativa de Trabalho em Assessoria a Empresas Sociais em Assentamentos de Reforma Agrária (COOPERAR), Iranilde Silva (mais conhecida como Eró); e os integrantes da equipe do Agroecologia nos Municípios, Talles Reis, Luã Gabriel Trento e Lívia Bacelete.

Agroecologia nos Municípios é iniciativa da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA). Tem como objetivo promover, apoiar e sistematizar processos de mobilização e incidência política no nível municipal visando a criação e o aprimoramento de políticas públicas, programas, projetos, leis e experiências municipais importantes de apoio à agricultura familiar e à segurança alimentar e nutricional e que fortalecem a agroecologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.