desperdicio alimentoPor Adital,

Além de não saciar a fome de 870 milhões de pessoas que não têm o que comer no planeta, o desperdício anual de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos causa sérios danos ao meio ambiente, revelou hoje (11) a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) ao apresentar seu novo informe O rastro do desperdício de alimentos – impactos nos recursos naturais. / La Huella del Desperdicio de Alimentos- Impactos en los Recursos Naturales.

 

Isso porque para serem produzidos, os alimentos necessitam do consumo de água e do uso da terra, e ao longo do processo de produção e preparo emitem mais de 3 bilhões de toneladas de gases de efeito estufa para a atmosfera, impactando diretamente no clima. O relatório, que é o primeiro estudo focado especificamente nos impactos ambientais causados pelo desperdício de alimentos, afirma ainda que os custos econômicos do desperdício de comida podem chegar a 750 bilhões de dólares anuais.

Durante a coletiva de imprensa para apresentação do informe na sede da FAO em Roma, Itália, o diretor geral da entidade, José Graziano da Silva, pediu a governos, agricultores, pescadores, processadores e comerciantes que busquem “mudanças em todas as esferas da cadeira alimentar humana para evitar, em primeiro lugar, que ocorra o desperdício de alimentos”. Para evitar que acabem no lixo, ele aconselhou a prática da reutilização e reciclagem dos produtos. / cambios en todos los eslabones de la cadena alimentaria humana para evitar en primer lugar que ocurra el desperdicio de alimentos

“Simplesmente não podemos permitir que um terço de todos os alimentos que produzimos se perca ou se desperdice devido a práticas inadequadas, quando 870 milhões de pessoas passam fome todos os dias”, alertou.

“Simplemente -añadió- no podemos permitir que un tercio de todos los alimentos que producimos se pierda o desperdicie debido a prácticas inadecuadas, cuando 870 millones de personas pasan hambre todos los días”.

Os dados revelam que 54% do desperdício acontece nas etapas iniciais da produção, manipulação e armazenamento após a colheita. Os 46% restante ocorre nas etapas de processamento, distribuição e consumo.

A FAO aproveitou a ocasião para lançar a publicação complementar “Caixa de Ferramentas: Reduzir o rastro do desperdício de alimentos”, que traz recomendações e exemplos para evitar a inutilização dos alimentos. /Caja de Herramientas: Reducir la Huella del Desperdicio de Alimentos

Para saber mais, acesse: http://www.fao.org/news/story/es/item/196368/icode/

Leia o informe completo, em inglês, aqui.

Dexe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.