Notícias

Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro renova sua página na internet

aarj-logoRenovada neste mês de julho, a página informativa da Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro (AARJ) busca dar visibilidade às iniciativas agroecológicas que ocorrem em território fluminense. O objetivo é fortalecer as iniciativas agroecológicas no estado, seja divulgando as atividades ou apresentando os trabalhos das entidades que fazem parte da rede. Com a renovação de sua plataforma, a atualização periódica estimulará o debate sobre agroecologia no Rio de Janeiro também nas mídias sociais. Vídeos e fotos serão postados no site, além de matérias publicadas sobre temas relacionados à AARJ na mídia.

A Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro é um movimento de organizações da sociedade que a partir da identificação, sistematização e mapeamento de experiências procura se articular no estado com o objetivo de fortalecer e ampliar as iniciativas agroecológicas. Desde os anos 70 a agricultura chamada alternativa vem crescendo no Rio inspirando manifestações e experiências por todo o estado. Os movimentos criticam a produção convencional com base na utilização de insumos externos, principalmente os agrotóxicos.

O Rio de Janeiro foi palco de várias articulações nacionais do movimento agroecológico, como o Encontro Nacional de Agroecologia (2002), dentre outros, que buscam a convivência com o meio ambiente. A perspectiva é uma agricultura ecológica, de acordo com os princípios dos conhecimentos tradicionais dos agricultores e suas formas de organização.

Recentemente o movimento se fortaleceu com a realização dos Encontros Nacionais de Agroecologia (ENA´s), em 2002 no Rio de Janeiro, e 2006 em Recife, e de dois Encontros Estaduais de Agroecologia, em 2006 e 2010, e de uma Festa Estadual de Sementes, em 2011. Atualmente já são mais de 100 experiências sistematizadas no estado, que podem ser acessadas na página Agroecologia em Rede.

Com a página, a AARJ pretende ampliar as articulações entre as organizações de agricultores e de assessoria, fortalecendo a luta política pela valorização da agricultura familiar, da reforma agrária e da agroecologia no estado.

 

Dexe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.