Notícias

Pesquisa comprova qualidade das sementes da paixão

Dois ensaios comparativos foram implantados no município de Juazeirinho, região do Cariri, com 10 variedades de sementes crioulas de milho e duas desenvolvidas pela Embrapa (milho catingueiro e 1051). Os primeiros resultados revelaram que mesmo com pouca chuva (cerca de 250 mm) as sementes de paixão tiveram melhor desempenho que as variedades melhoradas testadas.

Para estabelecer os parâmetros de comparação, agricultores foram consultados e elencaram os critérios que julgam mais importantes, como: quantidade de palha (utilizada para alimentar animais), produção de grãos, qualidade das espigas, altura das plantas e diâmetro do caule (pensando no consórcio com outras culturas), peso da espiga, entre outros. Em todos esses critérios o comportamento das variedades crioulas superou o das sementes melhoradas.

Na Paraíba, as sementes tradicionais, ou crioulas, receberam o nome de Sementes da Paixão por serem fruto de uma longa trajetória de experimentação.

Reportagem completa e apresentação com os dados preliminares dos ensaios estão disponĩveis na página da AS-PTA.

Dexe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.