IV ENA Mulheres e agroecologia Notícias

Noite Agroecológica e Cultural acontece na próxima quinta, no bairro Industrial

Trazendo arte, cultura e resistência, atividade marca a Plenária da Articulação Nacional de Agroecologia, que reúne nesta semana em Aracaju (SE) mais de 80 pessoas de todo o Brasil

 Coletivo de Comunicação e Cultura da ANA

Valorizando a arte e a cultura como expressões de resistência popular e como oportunidades de encontro, a Articulação Nacional de Agroecologia (ANA) promove uma noite cultural na próxima quinta-feira (21/03), a partir das 20h, no bairro Industrial de Aracaju. A atividade integra a programação da plenária da Articulação, que reúne nesta semana em Sergipe mais de 80 pessoas do movimento agroecológico brasileiro, e contará com apresentações de grupos culturais protagonizados por mulheres e com feira popular de alimentos saudáveis e artesanais.

A ponte Aracaju–Barra dos Coqueiros será o ponto de encontro do evento, gratuito e aberto ao público. No palco popular, agroecológico e feminista, as mulheres trazem em suas vozes a diversidade de estilos musicais. Além da discotecagem “Forrobobó Vinil Soundsystem”, apresentam-se o coletivo DuoDrama, o bloco de carnaval Selváticas e compositora sergipana Sandyalê, que faz “música do céu ao chão” trazendo composições de outros artistas locais, com misturas de reggae, ritmos afro, dub e música popular.

Um encontro de kombis, o Komboio, também acontecerá no espaço da Ponte, reunindo diversos veículos que carregam histórias e projetos culturais da região, e comercializando, a preços populares, um delicioso e variado cardápio que conta com chopp artesanal e com opções de alimentação regional e vegana.

A noite cultural celebra a agroecologia e o encontro de diversas organizações, movimentos sociais, universidades, coletivos e redes que atuam com a agroecologia em todo o Brasil. Compreendida para além do cultivo, da produção e da comercialização popular, justa e solidária de alimentos saudáveis, hoje é uma das principais bandeiras de luta de movimentos, organizações e coletivos em todo o Brasil que articulam políticas, ações e processos em rede, em torno da saúde, do direito à terra e aos territórios, dos direitos das mulheres, entre outras múltiplas dimensões relacionadas ao bem viver e à defesa dos processos democráticos.

A noite cultural é organizada pela Articulação Nacional de Agroecologia, por meio da Rede Sergipana de Agroecologia, a Resea. A rede é expressão de uma articulação estadual também formada por diferentes associações, cooperativas, comunidades quilombolas, indígenas, educadoras/es, agricultoras/es, artistas locais, pesquisadoras/es e outros coletivos que constroem a agroecologia no estado de Sergipe.

Dexe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.