O 2º Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais (SATs) tem as inscrições abertas  de 10 de junho a 31 de outubro de 2019.

Serão premiadas até 10 ações de boas práticas de SATs no Brasil já realizadas ou com etapas concluídas. Os três primeiros colocados receberão o valor bruto de R$ 70 mil e os demais o valor de R$ 50 mil.

Podem concorrer instituições de direito privado, sem fins lucrativos, com existência mínima de dois anos, contados da data de publicação do Edital e comprovada composição ou parceria com as comunidades detentoras dos SATs.

O objeto da premiação é reconhecer boas práticas de salvaguarda e conservação dinâmica de bens culturais e imateriais associados à agrobiodiversidade e à sociobiodiversidade presentes nos Sistemas Agrícolas Tradicionais no Brasil. Serão consideradas boas práticas as ações que tenham sido bem-sucedidas, tanto na sua execução quanto em seus resultados, e que mereçam divulgação e reconhecimento público.

Os sistemas agrícolas de povos indígenas e comunidades tradicionais são parte importante da dinâmica econômica de diversas regiões do país e sua manutenção está vinculada aos saberes ancestrais dessas populações, patrimônios culturais que guardam modos únicos de preservação da agrobiodiversidade.

O Prêmio BNDES SATs é uma iniciativa do BNDES em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

Confira o edital e anexos:

Dexe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.