Por Monyse Ravenna (Brasil de Fato) 

Professoras, jovens e participantes do ENA se somaram ao ato dos petroleiros na Regap / Monyse Ravenna

Na manhã desta sexta-feira (1) representantes do IV Encontro Nacional de Agroecologia (ENA), se juntaram aos trabalhadores petroleiros e de diversas outras categorias na porta da Refinaria Gabriel Passos, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). Os participantes do ENA foram à refinaria expressar solidariedade com a mobilização dos petroleiros no estado. A ação materializa o tema do Encontro: “Democracia e Agroecologia unindo Campo e Cidade”.

O ato também critica a decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de definir uma multa diária de R$ 2 milhões contra a greve. Bernadete Monteiro, da Marcha Mundial das Mulheres (MMM) e da Comissão Organizadora do ENA, afirmou que os petroleiros estão sendo criminalizados com essa greve e que o movimento agroecológico se posiciona contra a privatização da Petrobras.

Anselmo Braga, presidente do Sindicato dos Petroleiros de Minas Gerais (Sindpetro MG), enfatizou que os petroleiros sabem a importância da Petrobras para o Brasil: “o movimento dos petroleiros contra Michel Temer não acaba hoje, por isso nosso lema é ‘defender a Petrobras, é defender o Brasil’”.

Além de representantes do ENA, se somaram ao ato os participantes do 11º Congresso do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-Ute MG), do Encontro da Juventude em defesa da Petrobras, do Levante Popular da Juventude, sindicalistas e militantes de movimentos populares e diversos parlamentares.

Sobre o ENA

O IV ENA começou na quinta (31) e segue até domingo (3), no Parque Municipal René Gianetti, no centro de BH. Cerca de duas mil pessoas de todo o Brasil participam do Encontro, que conta com debates, plenárias, vivências e apresentações culturais. Nos dias 2 e 3 toda a programação será aberta, com uma feira agroecológica permanente no Parque.

No domingo, os participantes se juntam ao Sind-Ute em um grande ato público pelas ruas de Belo Horizonte, finalizando com um banquete agroecológico no Parque Municipal.

Dexe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.