Notícias

Curta Agroecologia: Sempre Viva

Sempre Viva from AGROECOLOGIA on Vimeo.

As encostas da Serra do Espinhaço, em Minas Greias, são habitadas há séculos por comunidades tradicionais que vivem da agricultura e da coleta de frutos e flores – as sempre vivas – que crescem nas campinas, na cumeeira da serra. São quilombolas, caboclos, brancospreservaram e transformaram aquelas paisagens. Todos se reconhecem como apanhadores de flor. As sempre vivas, colhidas em campos de uso comum e de grande valor no mercado de flores ornamentais, são, há muito tempo, fonte importante de renda dessas pessoas. 

 

No começo dos anos 2000, parques estaduais e nacionais de proteção ambiental integral foram criados sobre essas áreas. E o acesso dos apanhadores de flor foi impedido. Esses homens e mulheres hoje lutam em defesa de seu modo de vida e seu território. É essa história que o documentário “Sempre Viva”, de Tiago Carvalho, conta. O filme é mais um episódio da série Curta Agroecologia, produzida em parceria pela Articulação Nacional de Agroecologia, o Canal Saúde e a VideoSaúdeDistriubuidora da Fiocruz. 

Dexe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.