Notícias

“Para falar de justiça ambiental, é importante falar de injustiça ambiental”

Elaborado a partir de pesquisa sobre grupos atingidos por injustiça ambiental no país – e fruto de parceria entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a FASE –, o Mapa de Injustiça Ambiental e Saúde no Brasil dá visibilidade às situações de conflitos que têm por base situações de injustiça ambiental discutidas em diferentes fóruns e redes a partir do início de 2006. O foco do mapeamento, portanto, é a visão das populações atingidas, suas demandas, estratégias de resistência e propostas de encaminhamento.

“Para falar de justiça ambiental, é importante falar de injustiça ambiental. Tem a ver com o fato de que certas populações são afetadas pelo que o desenvolvimento econômico produz”, esclarece Marcelo Firpo, coordenador da pesquisa do Mapa, ao programa Globo Ecologia.

No Brasil, a criação da Rede Brasileira de Justiça Ambiental (RBJA), em 2001, difundiu e consolidou a discussão sobre o conceito, caro à FASE, e influenciando movimentos sociais e organizações.

Na reportagem do GloboEcologia, Max Fercondini apresenta alguns pontos do debate sobre Justiça Climática e Justiça Ambiental. Assista: clique AQUI.

(*) Matéria reproduzida do site da Fase.

Dexe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.