A representante do Fórum Brasileiro de Soberania, Segurança Alimentar e Nutricional (FBSSAN), Maria Emília Pacheco, assessora do Programa Direito à Segurança Alimentar, Agroecologia e Economia Solidária da FASE, foi indicada para assumir a presidência do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA).

Maria Emília foi a única indicação feita na plenária do CONSEA de 4 de abril, sendo apoiada por praticamente todas as entidades que fazem parte do conselho.

Representantes da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), Fetraf, Via Campesina (representada pelo  MPA e MMC), Contag,  Quebradeiras de Coco, Indígenas, movimentos negro e povos de terreiro, Fórum Nacional da Reforma Urbana e outros manifestaram em plenário seu apoio, assim como o representante do Ministério das Relações Exteriories, Milton Rondó, em nome do governo.

Maria Emília é antropóloga e mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Construiu grande parte de sua história político-profissional na FASE, em compromisso com os movimentos sociais. Além de membro do Fórum Brasileiro de Soberania, Segurança Alimentar e Nutricional, faz parte da Articulação Nacional de Agroecologia.

A indicação deve ser aprovada pela presidência da República. Caso seja referendada, Maria Emília exercerá o cargo no biênio 2012/2013, em substituição a Renato Maluf. A posse está marcada para o dia 17 de abril, às 11h, no Palácio do Planalto. Está prevista a presença da Presidenta Dilma Rousseff.

O CONSEA é um órgão de assessoramento da presidência da República, e funciona como instrumento de articulação entre governo e sociedade civil na proposição de diretrizes para as ações na área da alimentação e nutrição.

(*) Texto da Fase com informações da Ascom/Consea

Dexe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.