Construção do Conhecimento Agroecológico Temas Prioritários

Sul se une às Caravanas de todo Brasil para ampliar a visibilidade da Agroecologia

logo caravana regiao sulA nossa Caravana visa mobilizar as organizações do campo agroecológico em relação ao tema “Dinâmicas de Abastecimento e Construção Social de Mercados Agroecológicos”. Conta com 3 Rotas que envolverão representantes de experiências, organizações e movimentos do Sul e convidados de outras regiões do Brasil.

 

Cada Rota busca contemplar as diversas estratégias de abastecimento e construção de mercados existentes no percurso, envolvendo organizações e movimentos que constroem a Agroecologia em nossa região. As rotas se encontrarão em Curitiba, onde haverá a discussão e síntese das principais questões levantadas durante o seu percurso. Dialogará com o Encontro Nacional Mulheres da ANA- Rumo ao III ENA (Encontro Nacional de Agroecologia). Também integrará a mobilização em favor do PAA, juntamente com organizações do Paraná.

PORQUE AS CARAVANAS?

Para estimular dinâmicas capilarizadas de mobilização social, visando à reflexão coletiva sobre as questões orientadoras, a ANA (Articulação Nacional de Agroeocologia) propõe o mergulho em distintas realidades nas quais a agroecologia e o agronegócio disputam espaço físico, político e ideológico como expressão de projetos opostos para o mundo rural. Assim situada, a proposta agroecológica será analisada à luz dos seus efeitos positivos sobre a vida social e sobre o mundo natural, contrastando-os com os impactos negativos advindos da imposição do modelo dominante. Explicitar e divulgar esses contrastes a partir das peculiaridades de territórios localizados nas diferentes macrorregiões brasileiras será o principal objetivo do processo preparatório do III ENA.

AS CARAVANAS COMO EXERCÍCIO COLETIVO DE ANÁLISE

A proposta é que as redes e organizações de determinados territórios se preparem para apresentar e debater a realidade da disputa territorial com diferentes delegações compostas por agricultores e agricultoras, representantes de povos e comunidades tradicionais e assessores/as, e vindas de outras regiões do mesmo estado ou de estados próximos. Além de proporcionar ambientes para o debate entre as organizações da ANA, as caravanas serão oportunidades para a produção de materiais de comunicação voltados para divulgação para amplos segmentos da sociedade.

As caravanas funcionarão como exercícios metodológicos para o desenvolvimento de um “novo olhar” sobre as experiências de agroecologia. Em vez de enfocá-las a partir dos eixos temáticos, a nova perspectiva propõe uma visão integradora entre as diferentes dimensões referenciadas na realidade dos territórios enfocados.

Até agora já ocorreram 5 Caravanas: na Zona da Mata Mineira, na Chapada do Apodi (Nordeste), na Amazônia, no Mato Grosso, no Leste Paulista e em Tocantins. Muitas outras estão sendo organizadas Brasil afora. Veja a cobertura das caravanas.

Fonte: Rede de Agroecologia Ecovida.

VEJA A PROGRAMAÇÃO DA CARAVANA SUL (Rotas 1, 2 e 3 e Curitiba):

caravana sul um

caravana sul dois

caravana sul tres

caravana sul quatro

Dexe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.